Secretaria de Serviços Urbanos e Meio Ambiente elabora Plano Municipal de arborização urbana

No dia 26 de Julho de 2017 em uma reunião no Ministério Público Estadual, foi informado que existe uma cobrança para com o município desde o ano de 2015 para que fosse realizado a confecção do Plano Municipal de Arborização Urbana de Loanda. Ao término da reunião foi-se dado um prazo de 3 meses para que fosse apresentado o andamento do plano, o qual foi prorrogado para mais 3 meses para entrega do plano final. Desta forma a secretaria abraçou a demanda e se programou para que a mesma fosse executada com excelência, o diagnóstico iniciou-se no dia 22 de agosto, ainda no mês de agosto fomos a campo nos dias 23, 24, 25, 28, 30, 31 e no mês de setembro fomos nos dias 01, 04, 06, 11, 12, 14, 15, 18, 19, 20, 26 e 27.

Para a execução foi adotado a metodologia de amostragem analisando 15% das quadras urbanas, sendo contabilizadas 656 quadras no município, 15% seria 98,4 quadras. Fizemos o levantamento fitossanitário das árvores presentes no passeio de 100 quadras do município.

O Plano Municipal de Arborização Urbana vem para contribuir de uma forma significativa no planejamento e gestão da arborização, desempenhando diversas funções importantes na cidade, relacionado a aspectos ecológicos, estéticos e sociais.

As árvores têm especial importância no ambiente urbano, pois além do seu valor na manutenção do equilíbrio ecológico, a presença de indivíduos arbóreos promovem melhorias no aspecto visual da cidade, no microclima, na poluição atmosférica e acústica, no solo e fauna, na redução do escoamento superficial, na absorção de ruídos e na redução do impacto da chuva no solo.

O Plano Municipal de Arborização Urbana vem para gerir a forma com que se faz a substituição, erradicação e os diversos tipos de podas, que além de ser exigido que todo município tenha, ele vem para auxiliar a gestão publica.

Lembrando que para realizar poda, erradicação ou substituição de qualquer árvore que se encontra no passeio público, deve-se ter autorização de um técnico capacitado do órgão público.